Clareamento dental na minha idade?

Muita gente deseja os tão admirados dentes brancos. E a melhor alternativa para obter o sorriso esperado é o clareamento dental. Independente do motivo: aparecimento de manchas nos dentes ou incômodo com a estética, essa técnica devolve a cor dos dentes com efeitos bem naturais, além de aumentar a auto estima de muitas pessoas. Porém, eis que surge uma dúvida: os idosos também podem fazer o clareamento dos dentes? O IBIO vai te ajudar a esclarecer essa dúvida, confira!

Almejar um sorriso mais branco não é exclusividade dos adultos. A cor dos dentes pode incomodar pessoas de idades variadas. E muitas dessas pessoas recorrem ao tratamento estético de clareamento como alternativa. Por causa da idade avançada, é normal que algumas técnicas tenham limitações para sua realização. Mas não é o caso do clareamento. Idosos podem e devem realizar o clareamento dental para auxiliar na diminuição dos desagradáveis sinais da idade e recuperar a cor dos dentes, que acabam sofrendo alterações com o passar dos anos.

A realização da técnica exige, primeiramente, uma avaliação criteriosa. Assim, o dentista irá avaliar se existe alguma doença gengival ou periodontal, abrasão, erosão, cárie, tártaro, placa bacteriana ou retração gengival. Isso porque essas enfermidades devem ser tratadas antes de iniciar o tratamento de clareamento dental.

Para que o método tenha efeitos satisfatórios, entretanto, é necessário tomar alguns cuidados, como evitar alimentos e bebidas com corantes e manter a higiene bucal, por exemplo. Contudo, é essencial estar atento às restrições de quem não está apto a realizar o clareamento. Em crianças ou adolescentes menores de 15 anos, por exemplo, o procedimento não é recomendado. Gestantes e lactantes também estão no grupo dos não indicados, assim como pessoas com irritação profunda da gengiva e condições pré cancerígenas.

Então, mesmo estando na terceira idade, o paciente pode ter o branco de volta ao seu sorriso. E para isso, pode recorrer ao clareamento dental. Como vimos, qualquer idoso pode passar pelo procedimento, desde que sua saúde bucal esteja adequada. Já aos pacientes que possuem próteses extensas, coroas, facetas e grandes restaurações, não é recomendado o procedimento, já que esses materiais não recebem o clareamento dental. É importante destacar que o procedimento não irá apresentar complicações devido à idade avançada. O clareamento dental é um tratamento seguro e eficiente, desde que seja corretamente supervisionado pelo cirurgião dentista, que irá avaliar a condição bucal do idoso para tal procedimento.

O clareamento dental é um dos melhores aliados de um sorriso bonito, mas o procedimento deve ser feito com cuidado e sob supervisão de um profissional qualificado. Não caia na armadilha de procurar um lugar que não tenha a qualificação necessária: sua saúde bucal não tem preço. Por isso, o ideal é investir em bons profissionais: clareamento dental, como todo tratamento odontológico é coisa séria, então não brinque com sua saúde!

Ficou com alguma dúvida sobre clareamento na terceira idade? Deixe sua dúvida nos comentários. Quer marcar uma avaliação gratuita? Não perca tempo e comente com seu contato e nossa equipe entrará em contato para agendar seu atendimento na data e horário que se ajustam melhor à sua agenda.

O IBIO tem profissionais qualificados e tradição em clareamentos dentais: aqui você sai com sorriso de artista!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *